Requisitos para viajar de carro pela Argentina


O carro corsa brasileiro em Salinas Grandes, no noroeste da Argentina


Material Obrigatório


Carte verde necessária para andar de carro na Argentina

 Carta Verde com prazo determinado
Carro para andar na Argentina não pode ter engate

 Não possuir engate
Kit de primeiros socorros para andar de carro na Argentina

 1 Kit de Primeiros Socorros
Triangulos obrigatorios para andar de carro na Argentina

 2 Triângulos
Cambao obrigatorio para andar de carro na Argentina

 1 Cambão
Carro na Argentina precisa andar com o farol aceso

 Andar com farol aceso

Nossa Experiência


-Entramos na Argentina com nosso carro em 20 Janeiro de 2011 por Dionísio Cerqueira - SC.

-Em um posto de gasolina na cidade de Bernardo de Irigoyen compramos o cambão, os 2 triângulos, e o Kit de Primeiros Socorros.

-Emitimos a Carta Verde com validade de 15 dias.

-Tudo ficou em menos de R$ 60,00 (bem mais barato que se fizéssemos aqui no Brasil).

-Deparamos com muita polícia em todo o trajeto, passávamos bem devagar com os vidros abertos, eles olhavam firme e faziam um lento movimento com o braço: Adelante! (Adiante)

-Só fomos parado no último dia, perguntaram quantas personas (pessoas) haviam alí dentro solicitaram os documentos, abrir o porta-malas, retirar e abrir algumas bolsas e nada mais.



 

Mais algumas informações


-Viajar de carro na Argentina não requer habilidades nem documentos especiais.

-Todas as pessoas devem portar a Carteira de Identidade original.

-O motorista precisa de sua Carteira Nacional de Habilitação além da Carteira de Identidade.

-O carro precisa estar no nome de algum passageiro.

-Crianças acompanhadas dos pais biológicos necessitam somente de Identidade Original.

-Na falta de um dos pais, é obrigatória a apresentação da Autorização para viagem internacional emitida em cartório ou autorização de algum Juíz.

-Para abastecer, preferíamos os postos Shell, Petrobrás e YPF.

-Se o carro é movido à gasolina, procure por Naftas e abasteça sempre com a "Super"

-Ande sempre com o tanque cheio, especialmente quando for para as áreas mais desertas da Cordilheira dos Andes, há postos abandonados que não possui combustíveis.